A Luz Pulsada é gerada por um aparelho específico que produz calor na pele e atinge diferentes alvos, como a melanina, que em excesso causa sardas e manchas, os vasos sanguíneos como os microvasos da face e do colo, e o colágeno para tratamento flacidez e rugas.

O tratamento é realizado com um aparelho que possui uma lâmpada flash de alta energia que emite luz e possibilita o tratamento de várias lesões causadas pelo fotoenvelhecimento, em diversas áreas do corpo como face, dorso das mãos, colo e pescoço.

Trata também das rugas finas, vasos faciais, rosácea, manchas solares, dano solar crônico, alteração de textura da pele, olheiras, poiquilodermia (manchas, vasos e envelhecimento do colo e pescoço), depilação e pode ser utilizada até mesmo para remoção de tatuagens.

O tratamento é indicado para pessoas com fototipos I (cútis branca muito sensível), II (cútis branca pouco sensível) e II (cútis morena clara).

Tonalidades mais escuras têm maiores chances de complicações, pois a melanina, em maiores quantidades, pode absorver o feixe luminoso.

O tratamento pode gerar dor e desconforto, mas são bem suportáveis, e caso a sensibilidade do paciente seja grande, é possível usar medicação anestésica tópica.

Geralmente são recomendadas quatro sessões em média, mas é comum aparecem os resultados desde a primeira aplicação.

Os tratamentos com Luz Pulsada são seguros e vários estudos científicos tem demonstrado que mesmo meses após as sessões de tratamento, não há aumento das células de defesa CD4 e CD8, que estão relacionadas a presença de doenças e tumores cancerígenos.